Mostrando postagens com marcador A culpa é sua. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador A culpa é sua. Mostrar todas as postagens

20/01/2012

A culpa é fiel

Esqueceu da camisinha? (foi o álcool) confortável estar bêbado. O time perdeu? Jogo comprado! Gostoso torcer pra quem ganha. Enchente? É o aquecimento global, fácil acreditar em uma natureza vingativa. Fiasco de noite? A música era ruim (as pessoas também). A comida desceu mal, a cozinheira errou na mão, simples matar a fome (sem acabar com ela) ingerindo gordura trans. Atrasou no trabalho? Foi o trânsito e mais 15 minutos de preguiça na cama, tão bom culpar o trânsito. O dinheiro sumiu? Foi a empregada! Dinheiro é papel e papel voa! O namoro acabou? Ah, a rotina... acaba com tudo antes que dure para sempre. Usa drogas? Influência dos amigos! Virou gay? amigos! Nariz e bunda cada um sabe onde por, você sabe! Foi roubado? Falta de sorte, se sal grosso funcionasse moraríamos no mar. Bebe demais? Genética! Os pais não são heróis; heróis não existem mas a palavra é bonita, heroica. Não consegue ser feliz? É impressão minha ou só os outros encontram a felicidade? Dizem que ela vem com o tempo, quando se alcança o sucesso, encontra-se o amor, ou vem depois dos filhos e se não chegar até lá, pede pra Deus. Durante séculos a humanidade apostou no nome dele, antes íamos para céu. Mas existem outros planetas (que regem signos?) e já estamos (quase) suspensos no ar, caem coisas do céu e caem filosofias. Não existe inferno, aqui já faz calor, o pecado mora ao lado, cada um com seu cu e sua culpa (sílabas repletas de preconceitos): quem tem cu sente culpa.